Assistência Técnica Webmail
Newsletter
Receba em seu e-mail novidades da Contrato Engenharia.
+
Parceiros
Carajás Construções
Novidades
  • Construção deve crescer 2,9% em 2013, segundo projeção de Consultoria
  • A indústria da construção civil, alavancada pelo segmento infraestrutura, deve ter alta de 2,9% neste ano e de 3,9% em 2014. Essas são as projeções da consultoria LCA, divulgadas no último dia 17 de junho.

    De acordo com Fernando Sampaio, sócio da consultora, as linhas de financiamento do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) devem estimular o segmento. "A construção pesada deve ser impulsionada pelos estímulos para investimentos que os Estados do país receberam. Com o relaxamento do teto de endividamento que o governo federal concedeu, os Estados não vão desperdiçar a oportunidade [de realizar novas obras], inclusive porque temos eleições no próximo ano", afirma.

    Para a área imobiliária, no entanto, a expectativa é de expansão moderada. "A euforia de 2010 não vai voltar. O crédito está desacelerando", acrescenta Sampaio. Com o desaquecimento da construção no último ano (alta de 1,4% ante 3,6% em 2011 e 11,6% em 2010), os preços dos produtos ligados ao setor também estão crescendo em ritmo menor.

    A consultoria prevê que o Índice Nacional de Custo da Construção (INCC-DI) fique em 6,5% em 2013. No ano passado, ele registrou 7,1%. Ainda em 2013, o preço da mão de obra deve subir 6,6% um pouco mais que o dos materiais (6,3%). Em 2014, a tendência é que a situação se inverta e que os salários aumentem 4,8%, enquanto os materiais alcancem os 7%.

    Fonte: Piniweb.com.br